segunda-feira, 9 de setembro de 2013

Encontro das almas...



As almas não falam
Não se olham
Nem se tocam
Elas simplesmente sentem


Sente o outro
Envolve-se com o outro
Percebe o outro
E o reconhece


Dando-se assim o encontro
Do olhar penetrante
Do toque surreal
Misturando corpos que se tornam um só


Não importa se estão
Juntos ou separados
De perto ou afastados
Mas sempre unidos


Unidos pelas almas
Que se cruzaram
E não se desligaram mais
Por toda eternidade.

 

4 comentários:

  1. LINDO, MARAVILHOSO PEQUENA ESTOU SEM PALVRAS.

    ResponderExcluir
  2. Sil sempre presente no blog, bjokas.

    ResponderExcluir
  3. fascinante, da vontade de chorar, que Deus e os Bons Espiritos sempre te iluminem para alegrar-nos com suas palavras.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada amiga fico muito feliz quando consigo tocar o coração de pessoas como você, que assim como eu também tem a sensibilidade a flor da pele.

      Excluir