segunda-feira, 11 de julho de 2011

Um poema para Alice...

Tão pequenina que cabe na minha mão
Tão princesinha que balança tanto o meu coração
Veio ao mundo e uma luz se acendeu
É mais uma vida que nasceu

Uma vida que faz parte de mim
Do meu mundo do meu EU
Carregar-te no colo foi mágico
Confesso, me surpreendeu

Senti muitas vidas ligadas
Num reencontro que fortaleceu
Todo o meu amor de tia
Das vidas passadas que nunca se perdeu.

4 comentários:

  1. TITIAAAAAAAA, PARABÉNSSSS IMAGINO A SUA FELICIDADE AMIGA, SAUDADES DE TI VIU...

    ResponderExcluir
  2. Eu lembro da sua alegria no twitter quando descobriu que iria ser tia pela primeira vez (se não me engano). E olha como o tempo passa. A Alice já tem um poema. Parabéns lindeza!!! =)

    ResponderExcluir
  3. Olá Shriley,

    Venho agradecer a visita e a contribuição que deixou no nosso 'O Teatro Da Vida', e parabenizar pelo seu canto cheio de poemas e sensações boas!

    Abraços,

    Jonathan Pereira

    ResponderExcluir